top of page

caderno de desenho...

eu desenhei para mim

com muito cuidado um tempo de afeto

todo o meu melhor e mais sincero

estavam nos meus traços

e eu ainda colori

pois em mim havia uma festa

e tudo pedia cores

 

foi assim que apaixonada

eu te entreguei os meus rabiscos

e te convidei para minha folia

mas nesse dia eu vi

no vazio do verde dos teus olhos

eu vi você partir

eu sabia que em você eu não mais vivia

mas eu te queria tanto

era tanto desejo

naqueles esboços de vida

que eu não quis acreditar

 

desde então tenho rasgado as folhas

do meu caderno de desenho

o mesmo onde desenhei para mim

um tempo de afeto

e os dias nesse tempo têm sido difíceis

em mim a tua ausência ainda não cabe

ela perturba e dói

ela me impede de pintar as minhas aquarelas azuladas

ela me reduz aos cinzas de uma saudade profunda

 

a tua ausência apagou os meus croquis

e meus desejos mais simples

desenhados à mão livre, a sentimento

a tua ausência é por fim

a minha falta de mim...


foto: tela 'be calme' - Louise Bourgeois - 2004

7 visualizações0 comentário
bottom of page