top of page

it's all about love

é tudo sobre o amor...

amar é viver num estado entre o líquido e o gasoso, é frágil, é tenso, é incrível

e esse amar deve ser bem cuidado, pois não há garantias nem de equilíbrio, nem do sempre

assim todo o mimo é para que ele não entre em estado sólido

o amor precisa da moleza

do flexível

de enormes noites

de beijos intermináveis

de olhares que dizem quase tudo

de insistência

de paciência

do prazer da sua existência

de risos e lágrimas inexplicáveis

do carinho mais delicado

do vigor de abraços sufocantes

de afetos inomináveis

de gozos intergalácticos

e de toda a atenção do mundo!

 

o amor reclama amantes destemidos, porque amar é risco, é perigo, é quase insensatez 

porém, quando essa miscelânea de delícias e afazeres que o amor exige não está completa

ele tende a dureza e aí, a vida lá fora, que normalmente não é simples, infelizmente colabora e o processo de endurecimento começa...

 

nesse tempo, tem amores que resistem pois lutam e lutam porque acreditam naquela liga poderosa das dermes e epidermes

outros redescobrem na simplicidade do sentimento sua potência e superam a ameaça do desamor, talvez sejam os amores mais maduros, não sei

mas têm amores que se perdem no emaranhado da vida, aquela que infelizmente colabora para afastamento e para os silêncios mais profundos

esses são os amores que sucumbem

esses são os que abandonam e permitem o cruel, o arrogante, o orgulhoso

esses são os amores que cristalizados descobrem o ódio e a infelicidade que desfaz tudo

esses são os amores onde os amantes são tão covardes quanto desprotegidos

todos sem cuidados e esquecidos

esses são os amores dos amantes que enrijecem, padecem e desistem

 

3 visualizações0 comentário
bottom of page