top of page

justine


de você eu quero as mãos a boca os seios pequenos o ventre as nádegas arredondadas as pernas e o vale entre as suas pernas…

quero a boceta la boite ronde a caixa de Pandora a origem de todos os males do mundo onde também está guardada a esperança quero a vulva dilatada da libertinagem da vaidade e do orgulho onde se escondem os vícios e se permite toda devassidão

de você eu quero o castigo e a maçã quero punição pelo poder do fogo e da paixão quero o gozo e a vingança dos deuses quero o martírio a culpa e a expulsão

de você eu quero promessas mentiras e ficção quero alguns outonos lilases camas redondas de motel vaselinas perfumadas e lençóis borrados de batom quero o que é reles quero o desprezível som do teu prazer

de você eu quero a dor e os músculos penetrantes dos amantes viris quero halos azulados entre orquídeas ordinárias e mortas quero o desatino e a volúpia de teus beijos quero a ardência da tua língua áspera e úmida a me lamber as costas

de você eu quero a perversão e o medo dos caminhos ermos onde se escondem os degenerados quero o suor de fel que você emana em movimentos febris das mãos, cabeça e quadris quero o desespero e o veneno adocicado que você expele pela boceta o fluido pegajoso que escorre silenciosamente pelo vale entre as suas pernas e que transborda em espasmos e delírios na minha boca…


inspiration : Marquis de Sade

2017

foto: tela 'mulher no espelho' - Picasso - 1932

8 visualizações0 comentário

Комментарии


bottom of page