top of page

kamikaze

te olhar nos olhos e ter a sensação de estar invadindo como quem avança a cento e vinte por hora o sinal

às quatro e meia da manhã

depois de ter falado em Cristo, em Gandhi, em Buda, em Cosmos ai, meus sonhos...

depois de ter ouvido Noel e Caymmi ai, meu sono...


fechar os olhos e ver os teus depois de tanto álcool e tanta fumaça me pego correndo com medo da madrugada ai, minha incoerência ...

depois de tanta palavra depois de tanto lábio te olho na porta e sinto a impotência do meu desejo beijo roubado na boca ai, meu medo do escuro...


e depois de tudo isso avançar os sinais da noite correr pelas ruas solitárias ai, meu bom senso...

sonhar e querer você me invadindo depois de tanto abandono depois de ter te buscado tanto depois daquele tango

não vou mais sair assim me entregando!

12 visualizações0 comentário
bottom of page